Multitarefas & Armadilha da Mente

Catiane Giocondo

Catiane Giocondo

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp

Multitarefas & Armadilha da Mente

Você realiza multitarefas? Já se viu realizando uma atividade que nem percebeu ter terminado? Essa é uma das armadilhas que essa ação pode trazer.

“Multitarefas” é a ação realizada de duas ou mais tarefas simultaneamente.

Realizamos reuniões via vídeo com várias pessoas;

Falamos ao telefone enquanto dirigimos;

Pagamos conta no notebook enquanto assistimos TV;

Agendamos consulta médica enquanto malhamos na academia;

Mas, tudo isso é possível porque nosso cérebro tem a capacidade de memorização. E com ajuda de nosso piloto automático executa, e outra parte mental raciocina.

Exemplo do piloto automático:

É a forma que dirigimos sem olhar para o câmbio ou pedal do freio ainda ter atenção na sinalização e o caminho a realizar.

Porém as armadilhas da mente estão exatamente naquelas ações que tanto confiamos ao “piloto automático”

Confiamos que ele não irá errar, e que acaba nos pregando uma peça.

Veja algumas das ações que realizamos no piloto automático e que podem falhar:

Quantas vezes você se pegou indo fazer o caminho do trabalho sendo que naquele dia não se tratava de dia ao trabalho?

Outra situação comum:

Sair de casa e ter fechado a porta, depois voltar para conferir se realmente fechou, por não ter certeza!

Não saber onde deixou o celular;

A multitarefa não economiza tempo;

Reduz a assertividade produzindo mais erros do que acertos;

Aumenta agitação mental provocando ansiedade;

Reduz a capacidade de percepção, de maneira que algo esta diante da pessoa e ela não consegue ver.

Não seja vítima de sua própria mente.

Desta forma, faça com atenção atividades como: tarefas domésticsa, escovar os dentes ou ler um livro, mas faça uma atividade por vez. Sinta o que está realizando repare nos detalhes, sua forma, textura entre outras situações, inclusive o momento que finaliza a atividade.

Por fim, estará evitando tensões, diminuição na ansiedade, estimulando a desaceleração mental e será mais assertivo em suas tarefas e não cobrará exageradamente de si mesmo.

Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp

Leia Também

autoconhecimento
Catiane Giocondo

Dificuldades do dia a dia

A verdade é que não é necessário ter um problema específico para procurar um psicólogo. É entender que chuva vem para todos e cada um lida de forma diferente com a chuva que caí.

Leia Mais

Deixe uma resposta