Por que falar sobre Saúde Mental?

Taís Santos

Taís Santos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp

Por que falar sobre Saúde Mental?

Falar sobre a saúde mental é uma premissa para promoção da saúde de forma geral. É a partir das discussões e dessa fala aberta que é possível identificar pontos importantes, necessidades específicas, articulações e ações necessárias, bem como ressignificação de preconceitos, receios, tabus entre tantos outros fatores que tem impedido grande parte daqueles que precisam de terem acesso aos profissionais para cuidado da saúde mental.

Entretanto, este cuidado pode ser caracterizado como amplo. Ter saúde mental significa estar atento diante das possibilidades subjetivas, pensamentos, emoções, comportamentos, percepções, crenças, por exemplo, tem grande significado. Saúde mental também está relacionada a nossa forma de viver o coletivo, questões políticas, econômicas e culturais também devem ser levadas em consideração.

Mas afinal… O que significa “falar sobre saúde mental”:

  • Significa considerar temas sobre o subjetivo do humano em todos os contextos possíveis, instituições de saúde, educação, sociais, culturais, politicas;
  • Falar sobre saúde mental é saber quais profissionais buscar, em quais momentos podem se fazer necessários e como cada um se colocará frente aos desafios desse cuidado;
  • É compreender todas as condicionantes desta e promover intervenções que serão individuais, familiares e coletivas, como acesso à saúde, educação, renda, trabalho, situações de vulnerabilidade ou mesmo histórico de violência e abusos;
  • É estar atento e disponível de forma autentica para aqueles com quem convivemos e que podem dar diversos sinais da necessidade de cuidado da saúde mental;
  • É compreender que nada pode ser entendido de forma isolada, visto que a saúde mental é complexa e múltipla, em sua expressão e causas.
Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp

Leia Também

Deixe uma resposta